Início do Conteúdo

Notícias

  • Links para download de recursos de Tecnologia Assistiva

    CTA
    Tecnologia Assistiva

    Links de recursos de Tecnologia Assistiva

  • Recursos de Acessibilidade no Linux

    Germano Corrêa
    Imagem do Tux, o pinguim mascote do Linux, utilizando uma camiseta azul com o símbolo utilizado para representar as opções de Acessibilidade e Acesso Universal, que consiste na silhueta de uma pessoa com os braços abertos.

    Por se tratarem de softwares livres e de código aberto, os sistemas GNU/Linux possuem uma grande diversidade de distribuições e de softwares disponíveis. E, obviamente, recursos de acessibilidade não são uma exceção. Apesar de haver poucos projetos que se aliam ao desenvolvimento acessível, existe uma variedade grande de recursos específicos que podem tornar a utilização desses sistemas mais compreensível, tanto por usuários domésticos quanto entusiastas e desenvolvedores.

  • Leitor de tela gratuito NVDA completa 10 anos e nova versão é lançada

    Everaldo Carniel
    NVDA 2016.2

    A versão 2016.2 do NVDA já está disponível e chega junto com a comemoração dos dez anos de criação do leitor.

  • Como uma pessoa surdocega utiliza o computador?

    Rodrigo Cainelli
    Fotografia de uma linha braille sendo utilizada por uma pessoa. Os dedos da pessoa estão dispostos em cima da linha braille, sendo esta uma caixa retangular e longa, que possui na sua superfície uma fila de células braille. Abaixo da fileira, há botões que se encontram na parte central da superfície da linha braille.

    Pessoas com surdocegueira - perda parcial ou total da audição e visão - não utilizam o computador com mouse e teclado convencionais, mas sim com um conjunto de tecnologias assistivas, como o leitor de tela e a linha braille.

  • Novidades da versão 2016.1 do NVDA

    Everaldo Carniel
    Logo do NVDA, com a inscrição "NVDA 2016.1" abaixo deste.

    A cada nova versão lançada, o NVDA surpreende seus usuários com novidades, e cada vez mais se destaca como sendo um excelente leitor de tela para Windows, juntamente com outras opções, como o JAWS e o Virtual Vision. No entanto, um grande diferencial do NVDA é o fato de ele ser gratuito, diferentemente de outros leitores de tela.

  • Acionador? O que é? Para que serve? Onde eu utilizo?

    Rodrigo Cainelli
    Mouse adaptado com conexão para acionadores

    Um acionador é um produto que serve para “acionar” algo. Podemos citar como exemplos de acionadores um interruptor de luz e a chave de um veículo. Mas, para que cumpram seu propósito, eles precisam estar interligados ao objeto que deve ser acionado. Levando o conceito de acionador para o campo da Tecnologia Assistiva, este artefato torna-se muito útil para pessoas com limitações físico/motoras, já que os acionadores podem ser confeccionados em vários formatos, tamanhos e modos de acionamento (por toque, sopro, som, etc.).

  • Como chamar as pessoas com deficiência?

    Bruna Salton
    Imagem com o dizer correto pessoa com deficiência e incorreto de pessoa portadora de deficiência

    Há mais de seis anos, o termo “portador” deixou de ser aceito como terminologia correta para fazer referência às pessoas com deficiência. A pessoa não “porta”, ela tem uma deficiência. O termo em uso atualmente é “pessoas com deficiência”, que engloba a deficiência auditiva, física, intelectual, visual, múltipla, surdocegueira e, também, o transtorno do espectro autista.

  • Projeto de Acessibilidade Virtual lança livro sobre Acessibilidade e Tecnologia Assistiva durante o 2º SAS

    PAV
    Foto da capa do livro "Acessibilidade e Tecnologia Assistiva: Pensando a Inclusão Sociodigital de Pessoas com Necessidades Especiais", composta por formas abstratas de diferentes cores.

    Durante o 2º Seminário Anual dos Servidores (SAS) do IFRS, no dia 19 de abril, aconteceu o lançamento do livro Acessibilidade e Tecnologia Assistiva: Pensando a Inclusão Sociodigital de Pessoas com Necessidades Especiais. Abordando temas relacionados à acessibilidade e tecnologias assistivas, o livro tem como objetivo tornar as etapas do processo de inclusão mais claras para o público em geral.

Final do Conteúdo Voltar ao topo
Início do Rodapé Final do Rodapé